A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: entregadores de aplicativos

Lula quer resgatar dignidade e direitos para trabalhadores de aplicativos

Durante debate, Lula aponta avanços que pretende implementar para os trabalhadores mais vulneráveis. Também lembrou os ótimos índices econômicos de seus governos.

Brasil tem 1,5 milhão de motoristas e entregadores na informalidade

Maioria é de homens pretos ou pardos e tem menos de 50 anos. Mototaxistas ganham menos que um salário mínimo trabalhando jornada acima dos trabalhadores formais.

“A sensação é que nossa situação é análoga à escravidão”, declara entregador de app

Em entrevista ao Brasil de Fato, Abel Santos, vice-presidente da Associação de Moto Frentistas Autônomos e Entregadores de Aplicativos do Distrito Federal, destaca as principais reivindicações que levaram à paralisação da categoria.

Uberizados no Brasil: quem são, como resistem

Motoristas uberizados são, em sua maioria, homens, entre 20 e 50 anos, desempregados, que já rodaram por diversas outras atividades profissionais, inclusive na informalidade. Já os entregadores são mais jovens, negros, da periferia, e estão se inserindo pela primeira vez no mercado de trabalho.

Aplicativos de delivery: a nova faceta do trabalho infantil

Durante dois meses, repórteres da Agência Pública acompanharam a rotina de adolescentes que se arriscam no trabalho para aplicativos de entrega.

Líder do PCdoB apresenta projeto para proteger entregadores de aplicativos

Proposta visa garantir proteção à saúde, segurança e direito à sindicalização dos trabalhadores da categoria

Paulo “Galo” Lima: Precarização e rebeldia na garupa de uma moto

O caminho não é fazer uma luta pelos entregadores; o caminho é a luta pela classe trabalhadora

Greve de entregadores de APPs é reflexo da exploração e crise econômica

Entregadores lutam por reajustes e melhores condições de trabalho. Para pesquisadora da Unicamp, reforma Trabalhista, crise econômica e pandemia são as responsáveis por agravamento do cenário

Entregadores foram bloqueados após Breque dos Apps, conta liderança

Em entrevista ao Portal Vermelho, a entregadora antifascista Luciana Kasai falou sobre condições de trabalho e as reivindicações da categoria.

Auxílio emergencial foi essencial para informais, aponta Dieese

Auxílio de R$ 600 a R$ 1,2 mil ajudou a compensar perdas de motoristas, entregadores e outros trabalhadores sem carteira assinada.

Resistência dos entregadores de app: novo capítulo da luta de classes

Não é só no Brasil que a uberização do trabalho tem encontrado resistência — e, se os métodos de dominação desta nova organização do trabalho se assemelham em diversos países, a organização popular também ganhou ressonância internacional.

Faremos os aplicativos garantirem direitos, diz líder dos entregadores

Galo criou o movimento Entregadores Antifascistas no Brasil, tendo como alvos apps como iFood, Uber Eats, Rappi, Loggi e James

1 2 3