A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: FMI Fundo Monetário Internacional

O levante do Equador contra Lenin Moreno

A crise se aprofunda no Equador, e a Rede em Defessa da Humanidade, formada por intelectuais, artistas e movimentos sociais divulga um alerta sobre o endurecimento do governo neoliberal de Lenin Moreno e o aumento da repressão policial e militar contra os manifestantes.

Por José Carlos Ruy*

Engdahl: O Banco Central dos EUA já se prepara para a ruína do dólar? 

Observações e ações incomuns do presidente do Banco da Inglaterra e de outros membros do banco central sugerem haver pela frente um cenário bem desagradável no processo para acabar com o papel do dólar como moeda de reserva mundial. Nesse processo, o FED (Federal Reserve, uma espécie de Banco Central dos Estados Unidos) desencadearia deliberadamente uma dramática depressão econômica.

Por Frederick William Engdahl*

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

As notas internacionais da cientista política e especialista em relações internacionais, Ana Prestes, desta sexta-feira (13) destaca o novo pedido de ajuda financeira da Argentina ao FMI. Ela destaca ainda "mais uma crise no Paraguai".

Antonio Martins: Os mercados cercam a democracia na Argentina

Nas urnas, população goleou política quase idêntica à de Bolsonaro. Um dia depois, oligarquia financeira deflagra crise cambial e sugere: “Agora, quem vota somos nós”. Vêm aí lances decisivos para o futuro da América do Sul.

Por Antonio Martins

FMI, 75 anos: Como mudou o papel do fundo na América Latina 

Há exatos 75 anos, no dia 22 de julho de 1944, uma conferência monetária e financeira da ONU deliberou a criação do Fundo Monetário Internacional (FMI). Nesse período, mudou o papel do órgão na América Latina, conforme explica o economista espanhol Santiago Niño Becerra em entrevista à Sputnik Mundo.

Chefe do FMI critica "rumores e tweets" de Trump sobre a China

As novas tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo, a China e os EUA, são uma ameaça para a economia global, afirmou Christine Lagarde, diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Se caio, hermano, te levo comigo”

Em operação temerária, deflagrada a pedido de Trump, FMI torra US$ 57 bilhões na Argentina, para tentar salvar Macri. Fracasso é provável – e exporá miséria do projeto neoliberal. Por isso, Buenos Aires tira o sono de Bolsonaro.

Por Hector R. Torres*

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

Um resumo diário das principais notícias internacionais

 De Olho no Mundo, por Ana Prestes

Um resumo diário das principais notícias internacionais. 

Argentinos saem às ruas e denunciam o governo neoliberal de Macri

As ruas de Buenos Aires e de outras 50 cidades argentinas se encheram de manifestantes nesta quarta-feira (13), num dos maiores protestos contra as políticas neoliberais do presidente Mauricio Macri. A paralisação foi organizada pelos movimentos sindical e social, que denunciam o fracasso do governo. O país sul-americano está às voltas com prolongada inflação, recessão econômica e cortes nos subsídios das prestadoras de serviços públicos. As taxas de desemprego e de pobreza não param de crescer.

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

Um resumo diário das prinicpais notícias internacionais.

O frágil G 20 e um grande dissenso global

Começa hoje, 30 de novembro, a reunião do G 20 em Buenos Aires, capital da vizinha Argentina. Antes mesmo de começar efetivamente o encontro de cúpula, já se sabe que uma reunião marcada entre Trump e Xi Jinping deve dominar as atenções do evento.

Por Ana Maria Prestes*

1 2 3 4 16