A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: renda

Renda cai ao menor nível em 10 anos

“Está todo mundo mais pobre”, diz Andre Salata, pesquisador da PUC-RS e coordenador do estudo Desigualdade nas Metrópoles.

Renda encolhe 10% e trabalho precário atinge 38,5 milhões no Brasil

12 milhões estão sem emprego e 25,6 milhões vivendo de “bico” na era Bolsonaro – com preços dos combustíveis, energia elétrica, botijão de gás de cozinha e alimentos batendo recordes, segundo informa o jornal Hora do Povo.

Inflação no governo Bolsonaro corrói renda, sobretudo dos mais pobres

Segundo pesquisa do Ipea, as famílias com renda domiciliar considerada muito baixa sofreram a maior inflação acumulada nos últimos 12 meses, de 10,9%

Conclat histórica deve unir centrais sindicais a enfrentar Bolsonaro

Resolução Política da Direção Nacional da CTB destaca mobilização para Conclat, frente ampla contra Bolsonaro e eleições 2022

Fim do Bolsa Família e auxílio: Bolsonaro deixa 25 milhões sem renda

O quadro da exclusão põe em cheque a estratégia de alavancar a reeleição do presidente entre a população mais pobre do país

Indicadores econômicos numa nova ordem: o que o PIB mede e não mede?

Muito útil para comparações internacionais, o PIB não esclarece questões de justiça social, como desigualdades de renda e consumo.

Menos direitos, menos renda: Governo Bolsonaro acelera a precarização

População ocupada chegou a 90,2 milhões de pessoas, 4% a mais em relação ao trimestre móvel anterior. Quase 70% desse aumento, no entanto, foi de vagas informais – sem carteira de trabalho assinada ou por conta própria.

Renda média do trabalho é a menor desde 2017

Segundo análise da consultoria IDados, baseada em fontes da PNAD/IBGE, a renda média do trabalhador brasileiro ficou em R$ 2.433 no 2° trimestre deste ano.

Ipea: 46 milhões de brasileiros vivem em lares sem renda do trabalho

Na crise sanitária, o total de brasileiros sem essa renda registrou aumento de 9,5 milhões de pessoas

População mais pobre viu a renda cair 21,5% na pandemia

De acordo com o levantamento, em 2019 pouco mais de um décimo da população (10,97%) estava abaixo da linha da pobreza. No primeiro trimestre de 2021, período em que o auxílio emergencial já havia se encerrado, o percentual subiu para 16,1%

A bandeira é essa: Auxílio Emergencial de 600 reais e combate à fome

Hoje, 117 milhões de brasileiros vivem em insegurança alimentar. Destes, 9 milhões se encontram em estado de ‘fome aguda’. Uma trágica situação imposta pela destruição das políticas sociais nos anos recentes, pelo baixo valor do Auxílio Emergencial vigente e pela crise econômica do país

Banco Mundial sugere ampliação do seguro-desemprego no Brasil

Crise na pandemia pode afetar por nove anos salário e emprego dos brasileiros, principalmente dos menos qualificados.

1 2 3 4