A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: aposentados

Governo adia solução para reajuste das aposentadorias

O presidente Lula convocou reunião para esta quinta-feira (12) com líderes da base governista na Câmara para discutir a concessão de reajuste as aposentadorias superiores a um salário mínimo e concluiu que a discussão do assunto fica adiada até a votação dos projetos do pré-sal.

Presidente Lula quer solução para reajuste das aposentadorias

O presidente Lula reúne-se, às 18h30 desta terça-feira (10), com ministros e lideranças governistas, para encontrar uma solução definitiva para o reajuste das aposentadorias para aqueles que ganham acima de um salário mínimo. Na semana passada, aposentados e pensionistas lotaram as galerias da Câmara para pressionar pela votação do projeto do senador Paulo Paim (PT-RS),  já aprovado no Senado e que aguarda votação da Câmara.

Aposentados não conseguem votação do reajuste

“Aposentado. Porém na Luta.” A inscrição nas camisetas encheu as dependências da Câmara nesta quarta-feira (4). Os aposentados vieram a Brasília para pressionar os deputados a aprovarem, na votação marcada para esta quarta-feira (4), o projeto que concede aos aposentados o mesmo reajuste do salário mínimo. A sessão foi marcada pelas manifestações dos aposentados, a irritação do presidente da Casa e o debate entre governistas e oposição.

Câmara pode votar reajuste de aposentadorias sem acordo

O projeto que garante a todas as aposentadorias o mesmo aumento concedido ao salário mínimo está na pauta de votação da Câmara nesta quarta-feira (4). O projeto, já aprovado no Senado, beneficia os 8,1 milhões de aposentados e pensionistas que ganham acima do mínimo. A proposta foi pautada pelo presidente Michel Temer (PMDB-SP) sob pressão dos aposentados, mesmo sem o acordo que vem sendo negociado pelo governo.

Reajuste dos aposentados pode ser votado dia 4 na Câmara

O projeto que garante a todas as aposentadorias os mesmos índices de reajuste do salário mínimo pode ser votada na próxima quarta-feira (4) pelo Plenário da Câmara. Após reunião com representantes dos cerca de 300 aposentados que vieram a Brasília pedir a aprovação da matéria, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), prometeu incluir o assunto na pauta da primeira semana de novembro com ou sem a concordância do governo.

Governo quer resgatar dívida com aposentados

A política do governo para reajuste do salário mínimo e das aposentadorias e pensões quer resgatar uma dívida da União com toda a população, com perdas originárias das décadas de 80 e 90, conforme comentário do ministro Luiz Dulci, da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Aposentados pedem ao Presidente da Câmara votação de matérias

A luta dos aposentados pelo fim do fator previdenciário e reajuste igual ao do salário mínimo chegou ao gabinete do presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP, que recebeu, nesta quarta-feira (9), representantes da categoria. Eles querem que a Câmara vote as matérias já aprovadas pelo Senado. E criticam o acordo que algumas centrais sindicais fizeram com o governo. O Presidente da Câmara prometeu levar a reivindicação  aos líderes partidários.

Paim: Câmara deve resolver impasse para fator previdenciário

O senador Paulo Paim (PT-RS), autor do projeto que extingue o fator previdenciário, lamentou o impasse sobre o reajuste das aposentadorias. Segundo ele, o tema terá que ser enfrentado na Câmara. Ele acredita que a proposta alternativa ao projeto pelo fim do fator previdenciário apresentada pelo governo poderia ser maior. "O impacto nas contas públicas não será tão grande e o governo poderia dar mais", disse.

Aposentados: Centrais e governo fecham acordo

Depois de quase quatro horas de reunião, na terça-feira, dia 25, o governo e as principais centrais sindicais fecharam um acordo que prevê a concessão de reajuste real para os aposentados e pensionistas que ganham acima de um salário mínimo.

Governo negocia aumento real para aposentados em 2010

Acordo buscado prevê que Pepe Vargas faça parecer prevendo que o fator não seja aplicado para calcular aposentadoria do trabalhador que atinja 85 anos (mulher) e 95 anos (homem) na soma da idade com o tempo de contribuição. Estes receberiam aposentadoria integral.

1 5 6 7