A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: desarmamento

“Rei” contra “mito”: até Roberto Carlos alfineta o governo Bolsonaro 

O cantor e compositor Roberto Carlos surpreendeu os jornalistas que participaram de sua entrevista coletiva neste domingo (17), no Rio de Janeiro. Em meio a um balanço do projeto Emoções em Alto Mar – uma série de shows realizadas há 15 anos em cruzeiros com o transatlântico Costa Favolosa –, o “Rei” aproveitou para alfinetar o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Uma criança é internada a cada 3 dias por acidente doméstico com arma 

A cada três dias, em média, uma criança de até 14 anos entra em um hospital do Brasil em decorrência de um acidente doméstico com arma de fogo. Entre 2015 e 2018, foram 518 internações na faixa etária de até 14 anos por essa causa, mostram dados compilados pelo Ministério da Saúde e divulgados nesta sexta-feira pela Folha de S.Paulo.

Alvo de Bolsonaro, Desarmamento evita 13,3 mil assassinatos por ano

O candidato que lidera as pesquisas de intenção de voto para presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), propõe a liberação das armas de fogo como principal medida para o problema de segurança pública no Brasil. O caminho apontado pelo presidenciável da extrema direita é derrubar o Estatuto do Desarmamento, aprovado pelo Congresso Nacional em 2003.

Jovens de mais de 840 cidades tomam as ruas dos EUA por desarmamento

Centenas de milhares de norte-americanos de mais de 840 cidades tomaram as ruas do país neste sábado em manifestações do movimento "March For Our Lives" para exigir leis de controle e venda de armas mais rígidas.

Contra o lobby das armas, multidão de jovens ocupam as ruas dos EUA

Em diversas cidades do Estados Unidos, centenas de milhares de jovens e estudantes tomaram as ruas neste sábado (24) para uma mobilização nacional contra as armas de fogo. O ato central deve reunir pelo menos meio milhão de manifestantes na Capital, Washington.

Salvaguardar a paz mundial

Mais de 50 países de todos os continentes já assinaram o Tratado de Proibição de Armas Nucleares (TPAN) adotado em Conferência das Nações Unidas (por disposição de 122 países).

Por Luís Carapinha

Massacre nos EUA reacende debate sobre porte de armas de fogo

O acesso às armas de fogo nos Estados Unidos sempre é questionado quando ocorre uma tragédia, como a da madrugada deste domingo (2). No Brasil  a Lei do Desarmamento (10.826/03) restringe a concessão de porte apenas aos profissionais que usam armas em suas atividades –  policiais, integrantes das forças armadas e guardas prisionais. Em conversa com o Brasil de Fato, Guaracy Mingardi, que é analista criminal, faz um paralelo com a realidade brasileira.

Juliana Gonçalves, do Brasil de Fato

Comissão aprova revogação do Estatuto do Desarmamento

Texto apreciado pela comissão especial nesta terça-feira (27) flexibiliza o controle de armas de fogo, ao reduzir para 21 anos a idade mínima de compra e estender as regras para porte e posse. Os destaques devem ser votados pela comissão especial que analisa a proposta na próxima terça-feira (3), às 14 horas.

Projeto que revoga Estatuto do Desarmamento deve ser votado quinta

O Estatuto do Desarmamento contribuiu para evitar a morte de 121 mil pessoas no país, entre 2003 e 2012. Os dados, que atestam a eficácia da lei, são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Apesar do resultado positivo, uma comissão especial da Câmara Federal deve votar nesta quinta (17) proposta que revoga o estatuto. Se aprovada, a matéria segue para o plenário da Casa e depois para o Senado.

Com campanha de desarmamento, Venezuela fortalece segurança pública

Nesta segunda-feira (29), foram instalados 72 centros habilitados em diversas regiões da Venezuela, para que os cidadãos entreguem voluntariamente suas armas.

Interpol: armas ilegais matam 245 mil anualmente no mundo

As armas ilegais matam anualmente 245 mil pessoas em todo o mundo, informou a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), em sua 82ª Assembleia Geral, que começou nesta segunda-feira (21) em Cartagena.

Equipe da ONU para avaliação de desarmamento chega à Síria

Especialistas internacionais em desarmamento iniciam a sua missão nesta quarta-feira (2), na Síria, para catalogar o arsenal químico do país árabe, medida integrada ao acordo firmado através da Rússia e desenvolvido pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas. Entre os passos previstos no acordo estão a assinatura da Convenção internacional sobre Armas Químicas e a destruição dos estoques desse recurso até a metade de 2014.

1 2 3 5