A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Geopolítica

Wang Yi: EUA não deterão o progresso da China

A China alertou os Estados Unidos, nesta quarta-feira (5), que manterá seus planos de desenvolvimento inalterados para o benefício do povo e do mundo, depois de prever fracassos absolutos em qualquer tentativa de Washington de restringir esse objetivo.

A escalada das tensões entre China e EUA e o “despertar do monstro”

Nos últimos dias, os Estados Unidos da América estabeleceram prazo de 72 horas para o fechamento do consulado da China em Houston. O secretário de Estado estadunidense, Mike Pompeo, afirmou que o consulado se tratava de um “um centro de espionagem e roubo de propriedade intelectual”, com a suposição de que hackers chineses estariam tentando roubar dados sobre a produção de vacinas da Covid-19. Por Diego Pautasso e Tiago Soares Nogara

Líderes de Irã e Iraque se encontram e indicam união contra EUA

O líder do Irã, aiatolá Ali Khamenei, alertou que os EUA sofrerão mais retaliações pelo ataque de drones em janeiro contra o comandante iraniano Qassem Soleimani, dizendo ao primeiro-ministro do Iraque que Teerã resistirá à intromissão norte-americana na região.

Egito preparado para intervir na Líbia

A interminável guerra na Líbia, desencadeada há quase uma década pela agressão imperialista de 2011 e continuada ao longo de anos por diversas ingerências estrangeiras, pode agravar-se ainda mais com a intervenção militar do Egito. Por Carlos Lopes Pereira

Walter Sorrentino: Vacina contra Covid-19 deve ser de domínio público

Em seu comentário semanal sobre geopolítica, o Secretário de Relações Internacional do PCdoB, Walter Sorrentino, aborda a corrida mundial pela vacina contra a Covid-19, fazendo a seguinte indagação: “O progresso rumo a uma vacina eficaz deve ser posto a serviço de todos os seres humanos, ou antes deve estar a serviço do lucro e da desigualdade?”. Assista.

Pacto Irã -China, virada geopolítica na Eurásia

Negociações avançam — e revelam recuo dos EUA na região. Acordo de 25 anos prevê bilhões em cooperação energética e infraestrutura — em arranjo financeiro contra a hegemonia do dólar. Por trás de tudo, erros trágicos de Trump e Obama. Por Alfredo Jalife-Rahme

A centralidade das relações entre Brasil e China

Ainda que o estabelecimento das relações entre Brasil e China remonte ao século XIX, quando foi concluído um Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre os países, em 1881, e aberto o consulado brasileiro em Xangai, em 1883, o maior estreitamento dos laços apenas ocorreu de fato no último quarto do século XX. Por Diego Pautasso*

Réquiem por uma utopia defunta às vésperas da eleição americana

Tudo começou na madrugada do dia 10 de novembro de 1989, quando se abriram os portões que dividiam a cidade de Berlim. Depois, como se fosse um castelo de cartas, caíram os regimes comunistas da Europa Central, dissolveu-se o Pacto de Varsóvia, reunificou-se a Alemanha, e desintegrou-se a União Soviética. E o fim da Guerra Fria foi comemorado com se fosse a vitória definitiva da “democracia”, do “livre mercado”, e de uma nova “ordem ética internacional”, orientada pela tábua dos “direitos humanos”. Por José Luís Fiori*

Decisão de banir Huawei pode custar até R$ 47 bilhões ao Reino Unido

Londres cede à pressão da Casa Branca e bane Huawei, mas decisão deve custar R$ 47 bilhões à economia britânica e pode atrasar a implementação plena da tecnologia 5G no país por 3 anos. Especula-se que o banimento pode ser revertido.

Walter Sorrentino: A pandemia e o mundo em que vivemos

“A pandemia acirrou e acentuou todas as características malignas do capitalismo/imperialismo, imperante”. A partir desta constatação, Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais, desenvolve a análise do cenário internacional, impactado pela pandemia. Assista.

FSP 30 anos: bandeira da unidade, na diversidade latino-americana

O último dia 04 de julho marcou os 30 anos de surgimento do Foro de São Paulo. Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais do PCdoB, em seu comentário semanal sobre geopolítica, fala sobre essa articulação multilateral, que vive “na mira de ataques caluniosos e virulentos da extrema-direita e do neofascismo”. Assista.

Nobel da Paz sobre ações de Bolsonaro na pandemia: fracasso total

O ex-presidente da Colômbia e receptor do Prêmio Nobel da Paz, Juan Manuel Santos, disse que é “uma loucura” como o Brasil, governado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), está conduzindo a pandemia do novo coronavírus.

1 2 3 7