A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Geopolítica

Os discursos na ONU e os ataques a normas jurídicas

Apesar de mais moderado que o discurso do 7 de setembro, a fala nas Nações Unidas tem o mesmo objetivo, buscando criar ambiente para demonizar as saídas coletivas, negociadas, baseadas em normas jurídicas e na ciência. O mandatário brasileiro demonstra que, se puder, fará o caminho do retrocesso e da violação a conquistas civilizatórias.

Desenvolvimento é a força motriz da erradicação da pobreza na China

Entre 1990 e 2010, no contexto da arrancada industrial, a proporção de população pobre passou de 66,3% para 11,2%, de acordo com o Banco Mundial.

“Aukus, Quad, Cinco Olhos” – Nomes de Guerra

A aliança militar e tecnológica entre os EUA, Reino Unido e Austrália (Aukus) abre uma nova frente na escalada estratégica do imperialismo contra a China, na região vital que a terminologia dominante, desde Trump, decidiu designar de Indo-Pacífico (em vez de Ásia-Pacífico) para acomodar a Índia.

A França percebe que a América de Biden vem primeiro

Primeiros sinais da diplomacia de Joe Biden revelam que ele está mais próximo do unilateralismo de Trump que do multilateralismo de Obama

Relação EUA-BR no governo Biden: continuidade, mas longe dos holofotes

Às margens da Assembleia Geral da ONU, em 21 de setembro, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França, encontrou-se com o secretário de Estado americano, Antony Blinken.

Quem é Fumio Kishida, o novo primeiro-ministro do Japão?

Embora possa representar uma ruptura com o neoliberalismo de Abe, o ex-ministro de Relações Exteriores ampliará o alinhamento bélico com os EUA contra a China, mesmo esta sendo seu principal parceiro econômico.

Eleições na Alemanha: “Grande coligação” perde força

Independentemente de outras necessárias considerações e possíveis desenvolvimentos ulteriores, os resultados das eleições na Alemanha reafirmam a tendência de redução do peso conjunto eleitoral da CDU/CSU e do SPD, que têm governado este país há décadas, incluindo através da denominada “grande coligação” (2005-09, 2013-17 e 2017-21).

Walter Sorrentino: Na ONU, Bolsonaro mente e Biden tergiversa

A grotesca fala de Bolsonaro, na Assembleia Geral da ONU, deixou em segundo plano, pelo menos no Brasil, a fala do presidente estadunidense Joe Biden. Este é o tema do comentário semanal sobre geopolítica de Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais do PCdoB. Para o dirigente comunista, a fala de Biden reflete os dilemas dos EUA diante do fato de que o mundo não é mais unipolar e de que a liderança estadunidense está fragilizada. Assista.

Walter Sorrentino: Mundo vê o Brasil à deriva às vésperas do 7 de setembro

O Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Walter Sorrentino, comenta a deterioração da imagem internacional do Brasil diante da atitude criminosa do governo frente à pandemia e das ameaças de Bolsonaro à democracia.

Argélia rompe relações com Marrocos e rejeita ameaças de Israel

A Ar­gélia rompeu as re­la­ções di­plo­má­ticas com Mar­rocos e acusou Rabat de fo­mentar, com apoio de Is­rael, “uma po­tência mi­litar es­tran­geira”, a­ções hostis que ame­açam a se­gu­rança no Ma­grebe.

Tropas norte-americanas formam novas milícias mercenárias na Síria

As forças mi­li­tares dos Es­tados Unidos da Amé­rica no ter­ri­tório da Síria pre­tendem formar outra mi­lícia na re­gião de al-Ja­zira, no nor­deste do país árabe.

Afeganistão possui vasta riqueza mineral, mas desafios para explorá-la

Estudos sugerem que o Afeganistão poderia estar entre os cinco maiores países em reservas de cobre do mundo, um dos dez em ferro, mas com condições difíceis de extração.

1 2 3 4 5 17