A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: méxico,

 México co-responsabiliza EUA por combate ao crime organizado

O assassinato de três funcionários do consulado dos Estados Unidos em Ciudad Juárez, no sábado (13), colocou mais pressão sobre o governo de Felipe Calderón no combate ao narcotráfico na cidade, considerada a mais violenta do mundo. Ontem (16), em visita a Juárez, Calderón, que foi recebido com protestos pelos moradores, ressaltou a co-responsabilidade dos EUA no tema. A reprimenda nos norte-americanos parte justamente de um dos poucos ''aliados'' que eles têm na região.

México: Calderón admite abusos do Exército

Doze dias após o assassinato de 15 jovens em uma festa em Ciudad Juárez, o presidente do México, Felipe Calderón, anunciou um investimento de 215 milhões de dólares para a localidade, situada na fronteira com os Estados Unidos, e admitiu abusos cometidos pelas forças de segurança instaladas na cidade.

Ações pedem respeito aos direitos sexuais das mulheres

Durante o ano de 2010, a Anistia Internacional México realizará, em parceria com entidades que defendem os direitos sexuais e reprodutivos, ações de sensibilização sobre a violação destes direitos femininos e sua ligação direta com a pobreza. A promoção do acesso aos direitos sexuais e reprodutivos também é uma das finalidades da campanha que teve início no último dia 6 em Chiapas e Puebla.

 Governo mexicano quer reforma trabalhista apesar da oposição

O governo mexicano apresentará proximamente uma proposta de reforma trabalhista para a Câmara de Deputados, em um ambiente de desacordos sobre o projeto jurídico.

12 jornalistas mexicanos assassinados em 2009

A Comissão nacional de Direitos Humanos (CNDH) do México informou nesta sexta-feira (25) que 12 jornalistas foram assassinados no país em 2009. O número inclui Alberto Velázquez, morto nesta terça-feira (22) numa das ruas principais de Quintana Roo, quando dirigia seu carro, por dois pistoleiros em uma motocicleta.

La Jornada contrasta o México com o Brasil

No seu editorial desta quinta-feira (24), O Brasil como contraste, o jornal La Jornada faz um curioso paralelo entre o Brasil e o México, a começar pelo salário mínimo, comparação que considera "inevitável". Sem ser acrítico em relação ao governo Lula, o diário de esquerda mexicano conclui que este tem "uma visão de Estado" que vem faltando aos governantes mexicanos. Confira o texto.

Presidente do México propõe reformas políticas

O presidente mexicano, Felipe Calderón, propôs um pacote de reformas eleitorais nesta terça-feira (15) que permitirá à maioria dos políticos concorrer a novos mandatos e institui o segundo turno nas eleições presidenciais.

México: 150 mil protestam contra privatização da energia

Organizações sindicais, associações de estudantes e várias correntes da esquerda mexicana convocaram e realizaram esta quinta-feira (15) uma gigantesca marcha de mais de 150 mil pessoas na Cidade do México contra o decreto presidencial que no domingo dia 11 liquidou a empresa pública Luz y Fuerza del Centro que abastecia grande parte do país de energia eléctrica. A extinção da empresa lançará no desemprego 44 mil trabalhadores.

Manifestação lembra massacre estudantil no México

Milhares de estudantes, ativistas e operários saíram neste domingo (3) às ruas da capital mexicana para lembrar o 41º aniversário da sangrenta repressão militar aos estudantes mexicanos reunidos em um comício no bairro de Tlatelolco.

"Herói" da esquerda mexicana trocou a militância pela culinária

Marco Rascón, que defendeu as vítimas do grande terremoto na Cidade do México em 1985, fantasiado de Superbarrio, hoje prepara pescados e critica os rumos que a esquerda mexicana tomou.

Guerra de extermínio entre rivais causou novo massacre no México

As 18 pessoas mortas na noite da última quarta-feira (2) em um centro de reabilitação de drogados na Cidade Juárez, no México, se somam a outras 33 que foram assassinadas nos dias anteriores no município fronteiriço do estado de Chihuahua.

Com 90% de urnas apuradas, PRI vence eleição mexicana

Conforme previram as pesquisas de boca de urna, o PRI (Partido Revolucionário Institucional), que esteve no poder durante 71 anos, até 2000, venceu as eleições legislativas mexicanas. De acordo com os resultados divulgados pelo Prep (Programa de Resultados Eleitorais Preliminares), o PRI obteve 37% do total de votos e pode ter o controle absoluto do Congresso se somadas as cadeiras obtidas em coligação com o Partido Verde. O governista PAN (Partido Ação Nacional) recebeu somente 27% dos votos.

1 60 61 62 63