A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: crise econômica,

Crescimento do PIB é trunfo para governo nas eleições de 2010

O crescimento de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre deste ano com um em relação aos primeiros três meses do ano foi comemorado no mundo político, principalmente pelos governistas, que vêem nos indicadores econômicos um trunfo político para o governo. O resultado do PIB aponta para um acerto das medidas adotadas para o enfrentamento da crise econômica internacional.

Crise: Lula Morais comemora resultados da economia brasileira

O deputado Lula Morais (PCdoB) comemorou, na sessão plenária desta terça-feira (08/09), os resultados da economia brasileira diante da crise mundial. Ele ressaltou as declarações de analistas que colocam o Brasil em um lugar mais importante com a crise econômica. Conforme ressaltou o parlamentar comunista, na avaliação de especialistas, o Brasil está saindo da atual crise fortalecido em relação aos países desenvolvidos.

Crise fortaleceu papel do Brasil no mundo, dizem analistas

O Brasil está saindo da atual crise econômica mundial fortalecido em relação aos países desenvolvidos, na avaliação de especialistas ouvidos pela BBC Brasil. A análise da situação da economia brasileira foi feita a pedido da BBC Brasil, que publica a partir desta segunda-feira até o dia 24 de setembro a série "Depois da Tempestade", um especial de toda a BBC com um balanço de um ano de crise econômica.

Para Guido Mantega, crise já ficou para trás no Brasil

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse em Londres, na sexta-feira (4), que "a crise já ficou para trás no Brasil". Em entrevista à BBC Brasil, Mantega afirmou que a economia brasileira está crescendo de 4,5% a 5%. “Já estamos num processo de franca recuperação.”

Michael Moore: um documentário para pedir o fim do capitalismo

A passagem do documentário Capitalism — A Love Story, de Michael Moore, repercutiu com toda a força que se poderia esperar do engajado diretor de Tiros em Columbine e Fahrenheit 11 de Setembro. Sua primeira sessão para a imprensa no Festival de Veneza, onde concorre ao Leão de Ouro, nesta noite de sábado (5), teve fila começando mais de meia-hora antes de seu início, empurra-empurra e dezenas de jornalistas voltando para trás, assim que a lotação da Sala Perla (450 lugares) se esgotou.

EUA já perderam 7,4 milhões de empregos em 20 meses

A taxa de desemprego nos Estados Unidos subiu para 9,7% em agosto, com a eliminação de mais 216 mil postos de trabalho. Este é o maior nível de desemprego desde junho de 1983, quando atingiu 10,1%. Desde dezembro de 2007, quando foi iniciada a recessão nos EUA, já foram suprimidos 7,4 milhões de empregos, a maior eliminação de postos de trabalho em meio século. Faz 20 meses que o número de empregos no país diminui sem cessar.

Brasil está apto a ser 1º grau de investimento pós-crise, diz Moody's

O Brasil reúne as condições necessárias para se tornar, nos próximos dias, o primeiro país, entre os 100 países analisados pela agência de classificação de risco Moody's, a ser avaliado como "'grau de investimento"' desde o início da crise econômica. É essa a opinião do analista-chefe para o Brasil da agência, Mauro Leos. A classificação é dada a países cujas economias são consideradas seguras para investidores. A categoria determina se um país oferece ou não risco de pagar seus títulos. Quanto mais elevada a classificação, maior a propensão em atrair títulos.

Vejam com quem Obama anda jogando golfe

O início das férias do presidente Barack Obama em Martha’s Vineyard pareceu um dia usual de negócios, pois ele gastou cinco horas jogando golfe com Robert Wolf. Presidente do banco de investimentos UBS e do UBS Group Americas. Wolf foi dos primeiros a ajudar na campanha eleitoral de Obama; arrecadou US$ 250 mil para ele em 2006. Em fevereiro, o presidente nomeou-o para o Conselho Consultivo da Casa Branca para a Recuperação Econômica. Recuperação para quem?

Por Amy Goodman, no Democracy Now*

Falta investimento para debelar a crise, diz Pochmann

Em meio ao otimismo do primeiro escalão do governo em relação ao fim da recessão na economia brasileira, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) reduziu ontem suas projeções de crescimento para este ano. Conforme o instituto, o Produto Interno Bruto (PIB) deverá avançar dentro do intervalo de 0,2% a 1,2%, em vez dos 2% previstos anteriormente.

Falta investimento para debelar a crise, diz Pochmann

Em meio ao otimismo do primeiro escalão do governo em relação ao fim da recessão na economia brasileira, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) reduziu ontem suas projeções de crescimento para este ano. Conforme o instituto, o Produto Interno Bruto (PIB) deverá avançar dentro do intervalo de 0,2% a 1,2%, em vez dos 2% previstos anteriormente.

Concordata da GM: as 'estátuas' do capitalismo estão caindo

Do ponto de vista simbólico é, sem dúvida alguma, um golpe terrível no combalido sistema capitalista Ainda ontem, segunda-feira, 1º de junho, conversava com um colega, aqui na sede da UJS, que nesses anos inaugurais do século 21 já podemos ver alguns acontecimentos históricos quefariam estribuchar de inveja qualquer Matusalem.

Por Fernando Borgonovi*

Concordata da GM: as 'estátuas' do capitalismo estão caindo

Do ponto de vista simbólico é, sem dúvida alguma, um golpe terrível no combalido sistema capitalista Ainda ontem, segunda-feira, 1º de junho, conversava com um colega, aqui na sede da UJS, que nesses anos inaugurais do século 21 já podemos ver alguns acontecimentos históricos quefariam estribuchar de inveja qualquer Matusalem.

Por Fernando Borgonovi*

1 87 88 89 90