A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: luta das mulheres

A grande marcha das mulheres contra Trump e seus objetivos 

Um ano depois da Marcha das Mulheres, que ocorreu assim que Donald Trump assumiu a presidência dos EUA- foram cerca de 654 manifestações por todo o país-, elas voltaram às ruas de diferentes cidades, com a ambição de se transformar em um movimento para permitir a chegada das mulheres no poder 

Vanja: "devemos nos unir pela mobilização que definirá o nosso futuro"

Em entrevista para o Portal Vermelho, a presidenta nacional da União Brasileira de Mulheres, Vanja Santos, fala sobre sua trajetória, sobre as dificuldades vividas no interior do país, a necessidade de um sistema judiciário humanizado para atender as vítimas de assédio, o aborto como questão de saúde pública e os desafios a serem enfrentados para manter direitos em um período de retrocessos.  

Por Alessandra Monterastelli *

Vanja Santos: "hoje nós temos que pensar na luta de forma mais ampla"

Em depoimento para a TV Vermelho, Vanja Santos, presidenta nacional da União Brasileira de Mulheres (UBM), declarou que a luta deve ser geral e unificada contra o atual governo golpista e "vendido". Além disso, ela ressaltou a importância das mulheres aderirem à luta nesse momento dificíl vivido pelo país, para que não haja retrocessos na conquista de seus direitos

Arpilleras: luta e empoderamento de mulheres através do bordado

Projeto do MAB, o documentário surgiu como ferramenta para denunciar diversas violações sofridas em regiões de construção de usinas

Simone de Beauvoir fala à TV em 1975: Ser mulher não é um dado natural

Numa das raríssimas aparições na TV, a escritora e pensadora Simone de Beauvoir concedeu em 1975 uma entrevista ao jornalista Jean-Louis Servan-Schreiber que debateu o tema: "Por Que Sou Feminista?". Simone de Beauvoir que jogou um papel histórico na evolução das ideias reflete sobre suas teses 25 anos após o lançamento da sua obra "O segundo sexo". Na entrevista, ela explica sua célebre frase: "Ser mulher não é um dado natural, mas o resultado de uma história. Foi uma história que a fez."

Livro infantil trata das conquistas femininas e do Dia da Mulher

Uma criança recebe a tarefa escolar de abordar o significado do Dia da Mulher. Acompanhando a tarefa da filha, Ana Prestes percebeu a falta de material destinado para a faixa etária – 8 anos – e que o tema é sempre tratado de forma muito politizada e aterrorizada (a fábrica incendiada com as operárias dentro). “Como a professora pediu esse trabalho para toda a classe – e faz isso todo ano –, tive a ideia de preparar esse material mais didático e acessível à criança”, conta Ana.

Olívia Santana: A face fêmea e popular do 2 de Julho

É notável a presença de ícones femininos na fascinante história da Independência da Bahia. A guerra era, e ainda é, um negócio dos homens, mas Maria Quitéria, símbolo maior dessa campanha, mulher determinada, teve que se metamorfosear com trajes masculinos para aparecer como líder de batalhas libertárias memoráveis, que consolidaram na Bahia a Independência do Brasil.

Por Olívia Santana*

Como certo feminismo mordeu a isca neoliberal

Para uma das grandes estudiosas norte-americanas do movimento das mulheres, este foi incapaz de compreender as mutações do capitalismo – e, por isso, aderiu a ele sem refletir. Mas há saídas…

Por Nancy Fraser, no The Guardian


Jandira Feghali elogia a luta das mulheres contra o golpe 

Protagonista na luta para barrar o processo de Impeachment da presidenta Dilma Rousseff, a deputada Federal Jandira Feghali elogiou a luta feminista para barrar o golpe. "Estou muito feliz em saber que as mulheres estão nas ruas, todos os dias, para barrar essa agressão à democracia brasileira, que se configurou na votação na Câmara dos Deputados que segue agora ao Senado. Vocês trabalham com combatividade coragem e afeto", declarou a deputada.

Encontro da UNE afirma que, sem feminismo, não há democracia

Centenas de estudantes em todo o Brasil participaram entre sexta-feira (25) e domingo (27) do 7º Encontro de mulheres da União Nacional dos Estudantes (UNE), o EME, em Niterói (RJ). Em um cenário de maior conservadorismo no país, as estudantes debateram a importância do combate à agenda do retrocesso e a defesa da democracia como instrumento de luta para o avanço dos direitos das mulheres.

Garantia de direitos das domésticas também é avanço da luta feminina

Horas extras, adicional noturno, contribuição para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e outros direitos são comuns a grande parte dos trabalhadores brasileiros, desde a década de 1930. Contudo, diversos desses direitos trabalhistas até pouco tempo atrás nunca estiveram disponíveis para as trabalhadoras e trabalhadores domésticos.

Mulheres saem às ruas por igualdade e contra o conservadorismo

Milhares de mulheres sairam às ruas nesta terça-feira em todo o país (8), no intuito de lutar pela igualdade de gênero, pautar mais direitos e denunciar o clima de conservadorismo estabelecido no país, que encontra representatividade através de medidas retrógradas no Congresso Nacional. Entre as reivindicações, estão o fim da violência contra a mulher, a maior participação feminina nos espaços de poder e por mais democracia. Confira a galeria de fotos abaixo: 

1 2 3 5