A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Vladimir Herzog

Conheça premiadas pelo Reconhecimento Acadêmico em Direitos Humanos

Onze pesquisas das Universidades estaduais paulistas foram premiadas. Trabalhos com o coronavírus, patrimônio cultural e educação também foram reconhecidos por prêmios honorários

Assista, na quinta, prêmio a pesquisas paulistas em Direitos Humanos

Unicamp e Instituto Vladimir Herzog vão premiar pesquisas das universidades estaduais paulistas que contribuem com os Direitos Humanos

Há 45 anos, assassinato de Vladimir Herzog desmascarava a ditadura

Caso abriu uma crise no governo Ernesto Geisel e teve enorme repercussão

STJ manda julgar crimes durante ditadura, entre os quais o caso Herzog

Na ação civil pública contra os delegados, o MPF relata práticas de tortura, desaparecimento e homicídio de várias pessoas tidas como opositoras do regime militar. Uma das vítimas apontadas pelo MPF foi o jornalista Vladimir Herzog, morto na prisão em 1975

Tudo sobre o jornalista Herzog em novo site

Acervo Vladimir Herzog dá acesso a vídeos, fotos e textos sobre o jornalista e docente da USP, morto em 1975

Morre Henry Sobel, o rabino que desafiou a ditadura no caso Herzog

O rabino Henry Sobel morreu na manhã nesta sexta-feira (22), aos 75 anos, em Miami (EUA), vítima de complicações associadas a um câncer no pulmão. Rabino emérito da Congregação Israelita Paulista (CIP) e uma das principais lideranças judaicas no Brasil, Sobel sobressaiu como uma “voz firme em defesa dos direitos humanos”, conforme nota divulgada pela família. Sob o regime militar (1964-1985), ele ousou desafiar a ditadura para denunciar o caso do jornalista Vladimir Herzog.

Há 43 anos, Vladimir Herzog foi assassinado no DOI-CODI

A morte do jornalista em um quartel do exército em São Paulo foi um escândalo que revelou ao Brasil o que acontecia os porões da ditadura.

MPF: Justiça deve acatar normas internacionais sobre direitos humanos

Procuradores recorreram de duas decisões judiciais que rejeitaram denúncias contra agentes da repressão. E afirmam que a Lei de Anistia não pode impedir investigações sobre crimes de lesa-humanidade.

Caso Vladimir Herzog é reaberto após condenação

Ministério Público retoma investigação após Corte Interamericana condenar o Brasil pelo assassinato do jornalista, em 1975. Expectativa é de que a Lei de Anistia não seja mais um obstáculo.

Hélio Leitão: Vlado, presente!

“Levemos à barra do tribunal os torturadores e homicidas que agiram em nome do estado ou sob os seus olhares coniventes, assegurando-lhes, claro, o devido processo legal. O holocausto de Vlado não terá assim sido em vão”.

Por Hélio Leitão*

Corte de Direitos Humanos condena Brasil por morte de Herzog

A Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou o Brasil pela falta de investigação e sanção dos responsáveis pela morte do jornalista Vladimir Herzog, em 1975, durante o regime militar. A informações foi divulgada pelo tribunal nesta quarta-feira (4).

Jornalismo perde Audálio Dantas, um guerreiro da democracia

O jornalismo perde mais um de seus grandes profissionais. Faleceu na tarde desta quarta-feira (30) Audálio Dantas, aos 88 anos, no Hospital Premiê, em São Paulo. Ele lutava contra um câncer de intestino desde 2015, quando foi operado. O corpo será velado no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e cremado no cemitério Vila Alpina.

1 2 3