A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: diplomacia

Líder da ONU condena ameaças à embaixada do Brasil em Honduras

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, descreveu as ameaças à Embaixada do Brasil em Tegucigalpa como "inaceitáveis" e "intoleráveis". Ele disse, durante entrevista coletiva na sede da entidade em Nova York, nesta terça-feira (29), que está "profundamente preocupado" pelos últimos acontecimentos em Honduras.

Assessor de Lula acha "ruim" crítica dos EUA a Zelaya

A pressão internacional sobre o governo de facto de Honduras ainda não foi "suficientemente forte" para resolver a grave crise no país, disse nesta segunda-feira o assessor para assuntos internacionais do governo brasileiro, Marco Aurélio Garcia. Ele criticou uma declaração do representante interino dos Estados Unidos na OEA (Organização dos Estados Americanos), taxando de "irresponsável" o retorno do presidente Manuel Zelaya a Tegucigalpa.

Lula não tolera "ultimato de governo golpista" de Honduras

"O Brasil não irá tolerar um ultimato de um governo golpista", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse neste domingo (27), rechaçando o prazo de dez dias dado pelo regime militar de Honduras para o Brasil definir o status do presidente constitucional hondurenho, Manuel Zelaya. Lula fez a afirmação numa entrevista coletiva em Porlamar, na Venezuela, onde participa da Cúpula América do Sul-África.

Golpistas hondurenhos dão ultimato de 10 dias ao Brasil

O governo golpista de Honduras deu prazo de dez dias para que o Brasil defina o status do presidente deposto Manuel Zelaya, que está abrigado na embaixada brasileira, em Tegucigalpa, desde segunda-feira (21) . Em nota da sua Secretaria de Relações Exteriores, transmitida em cadeia de TV na noite de sábado (26), os golpistas ameaçam com "medidas adicionais" caso o Brasil não se curve. O Itamaraty respondeu que não reconhece o ultimato.

Lula retoma na ONU os tempos da luta sindical

O discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na ONU, denunciando os golpistas de Honduras, trouxe a memória o sindicalista Lula de quatro décadas atrás. A análise é do jornalista baiano Vitor Hugo Soares, no texto A camiseta de Lula e a ONU, no Terra Magazine.*

Marco Aurélio: golpistas de Honduras "mentiram ao povo"

Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência do Brasil, disse nesta sexta-feira (25) que o regime de Roberto Micheletti, instalado em Honduras com o golpe de junho, é um "governo de mentirosos". Em Pittsburgh (EUA), onde acompanhou a cúpula do G20, ele argumentou que "mentiram para o povo ao dizer que tinham destituído legalmente o presidente [Miguel Zelaya]".

Conselho de Segurança acata pedido do Brasil e debate Honduras

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) se reunirá nesta sexta-feira (25) em Nova York para discutir a crise política em Honduras gerada pelo golpe que depôs o presidente Manuel Zelaya, informaram porta-vozes da ONU. A reunião de emergência foi solicitada pela diplomacia brasileira, que abriga Zelaya na sua embaixada em Tegucigalpa.

Para Brasil, "solução negociada já está a caminho" em Honduras

O porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, avaliou nesta quinta-feira (24) em Brasília que "a solução negociada já está a caminho", na crise de Honduras e "existem sinais de que o governo golpista poderia entrar em negociações". O secretário-geral da OEA (Organização de Estados Americanos), José Miguel Insulza, irá a Tegucigalpa na sexta-feira ou sábado, chefiando uma missão "para estabelecer o diálogo".

OEA: ação do Brasil na crise tem apoio de todos, 'com maiúsculas'

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, disse nesta quarta-feira (23) que a atuação do governo brasileiro na crise de Honduras tem o apoio de toda – "toda com letras maiúsculas" – a comunidade internacional. O diplomata falou à BBC em Nova York. A declaração incisiva de Insulza contrasta com as críticas de setores brasileiros, capitaneados pelas Organizações Globo e os demo-tucanos, de que o governo Lula estaria "criando um problema" em Honduras.

Brasil pede reunião de emergência do Conselho de Segurança

A diplomacia brasileira pediu nesta terça-feira (22) uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU para discutir a crise em Honduras, após o retorno ao país do presidente eleito, Manuel Zelaya. Zelaya abrigou-se na embaixada brasileira em Tegucigalpa, que foi atingida por bombas de gás e teve eletricidade, água e ligações telefônicas cortadas pelo governo imposto com o golpe de 28 de junho.

Amorim diz que ação contra embaixada em Honduras é intolerável

O minsitro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, declarou que o pais não tolerará atos contra a embaixada brasilera em Tegucigalpa, que abriga o presidente legítimo de Honduras, Manuel Zelaya, que retornou ao território hondurenho na última segunda-feira, 21.

Brasil prepara "listinha de retaliação" aos EUA, diz Amorim

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse nesta segunda-feira (1º) que o Brasil vai preparar "em breve" uma "listinha de retaliação" aos Estados Unidos devido aos subsídios abusivos dados aos produtores de algodão norte-americanos. A Organização Mundial do Comércio (OMC) deu ao Brasil o direito de fazer retaliações comerciais, reconhecendo que os EUA ultrapassam os limites de protecionismo.

1 12 13 14 15