A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Luciano Rezende

Luciano Rezende Moreira Professor. Membro do Comitê Central do PCdoB.
A sinistra obsessão dos vagabundos pelo trabalho (alheio)

“O Brasil não pode parar”

As privatizações das Ceasas e o desabastecimento do estado brasileiro

A enchente que assolou a maior a central de abastecimento do Brasil, a Ceagesp, nesta última terça-feira (11/02) chocou o país. Mais de 7 mil toneladas de alimentos perdidas e um prejuízo estimado em 24 milhões de reais. Terá sido apenas mais uma fatalidade ambiental ou faltam investimentos nesta estratégica estatal que poderiam ter mitigado esta tragédia? No presente artigo, veremos que há uma longa campanha de dilapidação de um exitoso sistema nacional de abastecimento inaugurado há décadas que atinge não somente a Ceagesp, mas todas as demais Ceasas.

Pobre Alvim, um injustiçado

“Pobre Alvim. Exonerado do cargo por seu líder e insultado por seu ídolo. Tudo isso em apenas um dia. Deve ter sido demais para ele.”

Adubando o neoliberalismo: o desmonte da indústria de fertilizantes

“O uso de fertilizantes é responsável pelo incremento da produção agrícola mundial. Responsável também pela negação da tese malthusiana de que todo o investimento adicional de trabalho e capital sobre a terra vem acompanhado não pela obtenção de quantidade correspondente de produtos, mas por uma quantidade decrescente.”

Gramática, linguística e o ABC de Weintraub

“Numa época em que se fala tanto em meritocracia, é de se perguntar qual o mérito desse sujeito. Qual é o seu currículo político ou acadêmico que lhe credencia a ocupar um Ministério tão importante como o da Educação?”

A última linha de defesa: bandeira vermelha hasteada

“As organizações muitas vezes são conhecidas por algumas características próprias que as tornam únicas. Isso significa que elas desenvolvem e possuem uma cultura própria. E essa cultura é sua identidade, construída no decorrer dos anos. “

Crítica à autocrítica dos tolos

Autocrítica sempre. Permanentemente. Entretanto, é necessário muito cuidado a fim de não se banalizar esse conceito tão caro à luta da classe operária.

O patrimonialismo escancarado de Bolsonaro

Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (18), em mais uma de suas transmissões via redes sociais, o seguinte: “Pretendo beneficiar um filho meu, sim”. “Se eu puder dar um filé mignon para o meu filho, eu dou, sim”, acrescentou ao justificar a indicação de Eduardo Bolsonaro para ocupar o posto de embaixador do Brasil em Washington.

General Heleno, o augusto símbolo da mediocridade

O nome composto revela a pompa de quem nasceu, na visão dos pais, para ser um tipo predestinado, de casta superior: Augusto Heleno.

Governos populares versus governos populistas

 Saudades de um tempo, não muito distante, em que populismo era sinônimo de programas sociais. A cada nova política voltada para o povão nos governos Lula e Dilma, as elites surtavam.

Um gringo – que chama brasileiro de ladrão – no Ministério da Educação

Logo após dizer que a universidade pública não deve ser um espaço para todos, comportando apenas uma elite, o Ministro da Educação do governo Bolsonaro voltou sua carga contra os brasileiros.

As Brumas de A Vale ON

 Notícias de hoje dão conta de que ações da Vale ON chega a cair quase 20% na B3. De acordo com o jornal Valor Econômico, “as ações ordinárias da Vale recuavam 16,85% às 10h46 na B3, aos R$ 46,69".

1 2 3 21

Colunistas

Altamiro Borges
As Cartas do Pai por Ivan Cosenza
Abigail Pereira
Luciano Siqueira
Wadson Ribeiro
Christian Lindberg
Alexandre Lucas
José Reinaldo Carvalho
Jandira Feghali
Paulo Kliass