A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: equador

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

A cientista política Ana Prestes analisa os principais acontecimentos do cenário internacional.

Equador: nem sequer conseguiremos contar os mortos

O Equador é o terceiro país com mais casos de coronavírus na América Latina: 3.646 casos e 180 mortes até o dia 5 de abril. Apenas o Brasil, que tem uma população 12 vezes maior, e o Chile têm mais casos.

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

O mundo sob o olhar da cientista política e analista internacional Ana Prestes tem como foco principal a pandemia de coronavírus e seus desdobramentos, mas outro tema que tem destaque é o acordo na OPEP sobre a produção de petróleo.

Lawfare: Justiça do Equador condena Correa à prisão

Direitos políticos do ex-mandatário foram suspensos por 25 anos; Correa e lideranças da esquerda denunciam perseguição judicial.

Nunca mais seremos os mesmos

“Os caminhões frigoríficos que percorrem as ruas de nosso vizinho Equador estão pintados de luto. A carne que recolhem nas ruas está encharcada de dor”

Equador: Pandemia foge do controle e cidadãos empilham mortos nas ruas

País é o quarto país em toda a América mais afetado pelo coronavírus (atrás somente de Estados Unidos, Canadá e Brasil)

Como os indígenas lideram as lutas de resistência na América Latina

Muitas das revoltas populares nos países da América Latina são provenientes da insatisfação popular diante das medidas de governos ultraliberais.

Equador, alvo da devastação do FMI nas democracias latino-americanas 

Em um de seus últimos romances, Saramago narra a saga de um país imaginário em crise política após 80% da população votar em branco nas eleições municipais. O governo – desnorteado – fugiu da capital, decretou Estado de Sítio e deixou o povo à revelia sem atendimento básico de saúde, segurança e limpeza pública. O Equador de Lenín Moreno, tomado por barricadas na última semana, poderia ser o país imaginário do gênio da literatura lusófona. A falência da democracia é a mesma.

Por Mariana Serafini

Equador: Passo atrás de Lenín Moreno é vitória parcial do povo 

O povo equatoriano deu a todo o continente, por meio de uma heroica e brava mobilização nos últimos 11 dias, algumas importantes lições. Primeiro, demonstrou inválido aquele pensamento que predica um “unilateralismo” da história, no qual a mão que açoita com a chibata nunca vê o chicote retornar contra si. Há na história, como sempre houve, espaço para o povo.

Por Pedro Marin

A crise equatoriana em 12 pontos

1° – No último dia 01/10, o presidente do Equador, Lenín Moreno, anunciou a adoção de um pacote de medidas de austeridade, em consonância com as prerrogativas para a obtenção de um robusto empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI). Por Tiago Soares Nogara * 

Governadora denuncia repressão violenta e censura no Equador

“Se há um responsável pelos protestos ele é o regime de Moreno que deu às costas à cidadania ao anunciar essas medidas para satisfazer um acordo com o Fundo Monetário Internacional. Os únicos responsáveis por esse caos, instabilidade e forte convulsão social são o regime do presidente Moreno e o Fundo Monetário Internacional”, diz Paola Pabón, governadora da província de Pichincha, localizada no norte do país.

Por Marco Weissheimer, no Sul21

Equador: PCdoB expressa solidariedade ao povo e exige fim da repressão

A Comissão de Política e Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) divulgou, nesta sexta-feira (11), uma nota de solidariedade ao povo equatoriano, que luta dignamente por seus direitos. Leia a íntegra, abaixo. 

1 2 3 4 5 67