A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Wellington Duarte

Professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Rio Gande do Norte - UFRN, doutor em Ciência Política e presidente do Sindicato dos Professores da UFRN (ADURN-sindicato)
EUA : a águia com as garras sujas de sangue ameaça o mundo

Quando falamos em geopolítica, não há “santos” e “demônios”, mas o que está bem claro é que os EUA mandam e desmandam na Otan, hoje um força bélica de intervenção, e vêm arrastando a União Europeia para esse conflito

A grande sombra nazifascista: sobreviverá o “olavismo” sem Olavo?

Diferente dos nazifascistas que morreram no e por causa do poder, Olavo de Carvalho, morreu num quase ostracismo

O Apagão do BraZil

O “apagão” do Ministério da Saúde não é surpreendente. Se é que de fato houve, porque com esse governo nada parece ser verdadeiro

Marcelo Queiroga, um general do Apocalipse Bolsonaro

O ministro tem demonstrado ser mais bajulador do que se esperava, cumprindo fielmente o roteiro determinado pelo seu “empregador”, o Mandrião, na condução errática do combate à Covid-19

Orçamento 2022: precisamos de uma união nacional para salvar o país

O volume de investimentos públicos federais será o menor da história, conforme relatório do Orçamento

A volta da fome no Nordeste: a ressurreição da Morte

Estamos em 2021, com um país destruído e as políticas públicas destroçadas, os sertões nordestinos estão em um processo de sombrio retorno aos tempos de fome, miséria e desespero

Honduras : o retorno à democracia ?

Se confirmando essa tendência, o Libre, nascido da oposição ao golpe de 2009, desbancará o Partido Nacional, principal favorecido desse processo

O ocaso do PSDB

Nesse momento, a feição do PSDB passa a ser de partido do conluio. O PSDB chegava ao seu fundo do poço, tratando de articular a derrubada de Dilma Rousseff, sendo um dos pilares do Golpe de 2016

Um país do futuro, sequestrado pelo passado, querendo retomar o presente

O BraZil, que nunca teve uma ruptura social ou uma revolução, não passou por bruscas mudanças no seu tecido social. As elites nunca sofreram grandes sustos

As chibatadas de Sérgio Camargo na cultura braZileira

Camargo não é um “conservador”, mas uma figura deplorável cujo reacionarismo é tão estúpido que enxergar um posicionamento ideológico nesse sujeito chega a ser um exercício de paciência

Não verás país nenhum?

Ninguém nota essa pessoa. Mas, afinal, por que deveriam notar? É mais um na multidão. Que importa se essa pessoa parece estar lenta, cabisbaixa?

Negacionismo, Fundamentalismo Religioso e Pilantragem no Reino do Mandrião

Três fatos que expressam o grau de depravação no uso de recursos públicos, o acirramento do fanatismo e do negacionismo

1 2 3 4 5