A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Wellington Duarte

Professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Rio Gande do Norte - UFRN, doutor em Ciência Política e presidente do Sindicato dos Professores da UFRN (ADURN-sindicato)
O Mundo Bizarro da “Famiglia” Bolsonaro

O que parece muito concreto é que a família que governa o BraZil se deslumbrou com o poder e demonstra isso sem nenhuma desfaçatez, agindo como “filhinhos do prefeito”, deambulam mundo afora fazendo o que querem e bem entendem

No país do Mandrião, Ciência é palavrão

E aqui estamos nós, encalacrados com esse governo negacionista e que tem um ódio especial pela Ciência, que agora resolveu simplesmente cortar mais de 90% dos recursos destinados ao Ministério da Ciência e Tecnologia

Guedes, o “espertalhão”

Guedes é o “espertão”, aquele que vive discursando nas intermináveis lives do empresariado, prometendo salvaguardar o Deus Mercado, dos “malvados” trabalhadores

Mil Dias de Desgoverno: um país à deriva

Temos de tudo um pouco, material suficiente para que tenham a oportunidade, quem sabe no futuro, de produzir estudos ou apenas descrever como uma nação foi submetida a essa tragédia histórica

O Dia da Apresentação do Mundo Paralelo do Brazil na ONU

O presidente da república mostrou ao mundo, pela terceira vez é verdade, o quanto estamos afundados no pântano da ignorância

O País em Luta contra o Mandrião: precisamos salvar o futuro

Ficará na história como, em quase três anos de governo, uma gestão foi capaz de promover a mais completa destruição das bases do Estado brasileiro

Chafurdento, Bolsonaro delira no Dia do Chafurdo

As bravatas ficaram como bravatas e os lobos não mostraram os dentes. A “marcha das pelancas fascistas”, em Brasília, que deveria ser uma explosão, foi um pequeno traque

A Caminho do 7 de Setembro: a “marcha dos alucinados”

O presidente da república e sua caterva estão emulando esse “grande ato”, em que todas as bestialidades sociais poderão, mais uma vez, expor o quanto esse país se degenerou em termos de civilização

O Mandrião e a servidão: governo tenta uma nova geração de servos do Capital

A chegada ao poder da horda bolsonarista iniciou uma nova fase: a da destruição maciça dos direitos dos trabalhadores, sem nenhuma desfaçatez

Bolsonaro aposta no Chafurdo para desviar as atenções

O que vemos é o “chafurdo nosso de cada dia”, com um governo empenhado em produzir, a cada 24 horas, factoides para tirar do centro da discussão a nossa tragédia sanitária

A Marcha do “Fumacê” e o Devaneio do Mandrião

O desfile militar realizado a pedido de Bolsonaro se tornou motivo de piadas nas redes, ainda que esse movimento do Presidente não deva ser relevado

Diante da Hecatombe, uma frente de salvação nacional é preciso

O Brasil enfrenta ainda a onda reacionária de desmonte dos serviços públicos e entrega das empresas nacionais. Para vencê-la, é preciso a união de amplas forças em torno de um projeto de salvação nacional

1 2